Seu pedido

Coronavirus (COVID-19) - Para obter as últimas atualizações e informações de viagem, visite nosso Coronavirus Information Center.

:
:
:
Dias
Horas
Minutos
Segundos

Budapeste

Conheça o melhor de Budapeste

Budapeste é uma cidade em pleno desenvolvimento, juntando o leste e o oeste, unindo Buda e Peste e a Europa ocidental e oriental. A cidade nunca deixou de ser vibrante e diversificada, apesar de sua história conturbada. Use nosso guia para conhecer o melhor de Budapeste, como sua arquitetura grandiosa, os banhos termais, as memórias do passado e os bares boêmios.

 

Principais Atrações

budapest route
Central Market Hall
Mercado Central de Budapeste
Mercado Central de Budapeste

O Central Market Hall em Peste, no lado leste do rio Danúbio, é o lugar perfeito para iniciar sua visita. O maior e mais antigo mercado de Budapeste tem inúmeras bancas espalhadas por três andares, para você encontrar o prato perfeito e saciar seu paladar a qualquer hora do dia. Experimente o tradicional lángos, uma massa frita coberta com creme de leite e queijo ralado.

 

 

Gellért Hill
Estátua da Liberdade na Gellért Hill
Estátua da Liberdade na Gellért Hill

Atravesse a Ponte da Liberdade para chegar no lado de Buda (oeste) do Danúbio. Aqui você faz um caminho íngreme, porém breve, até o topo da colina Gellért Hill. Faça uma pausa merecida no topo para apreciar vistas deslumbrantes da cidade. Recomendamos no nascer e no pôr do sol. 

 

Além das vistas incríveis, você também conhecerá a maravilhosa Estátua da Liberdade e a Citadella, uma imponente fortaleza erguida em 1848 e 1849, que nunca passou por uma batalha.

Castle Hill
Bastião dos Pescadores
Bastião dos Pescadores

Segue para o norte até o Distrito I, o Distrito dos Castelos, para ver alguns dos prédios mais famosos de Budapeste em uma colina acima do Danúbio. Vá de gôndola até o Castelo de Buda, e visite a Galeria Nacional Húngara ou almoce goulash com um bela vista.

 

O Bastião dos Pescadores é pertinho do castelo e merece presença no seu Instagram. Parece um palácio medieval de conto de fadas, mas na verdade oferece uma das vistas mais extraordinárias da Europa. Foi construído em 1902 para possibilitar uma vista gloriosa do Danúbio até Peste.

Danube Promenade (Dunakorzó)
Memorial "Sapatos às Margens do Danúbio"
Memorial "Sapatos às Margens do Danúbio"

Use a Ponte das Correntes para voltar para o lado Peste. Inaugurada em 1849, a ponte criou o primeiro elo permanente entre Buda e Peste, portanto, é considerada um ícone não só pela sua beleza, mas por seu papel histórico na união física de Budapeste.

 

Caminhando para o norte ao longo do Danube Promenade, você verá os "Sapatos às Margens do Danúbio”. O memorial é um alerta comovente do sofrimento da comunidade judaica húngara durante o Holocausto, quando homens, mulheres e crianças eram obrigados a remover seus calçados antes de serem fuzilados para dentro do rio. Continue a caminhada até chegar no palácio do Parlamento Húngaro, o terceiro maior do mundo. Visto das margens de Buda, o prédio parece flutuar no rio Danúbio!   

Basílica de Santo Estêvão
Sorvete da Gelarto Rosa
Sorvete da Gelarto Rosa

No centro da cidade, você verá a igreja católica mais sagrada da Hungria, a Basílica de Santo Estêvão. Suba a cúpula para uma excelente vista e não perca a chance de ver a mão direita mumificada do rei Santo Estêvão!

 

Entre no Gelarto Rosa, em frente à basílica, para comer um delicioso gelato com um grande diferencial — suas bolas serão transformadas em camadas de uma rosa doce e colorida! 

Avenida Andrássy
Museu da Casa do Terror na Avenida Andrássy
Museu da Casa do Terror na Avenida Andrássy

Construída em 1872 para conectar o centro da cidade de Budapeste ao Városliget (Parque da Cidade), a Avenida Andrássy é um Patrimônio Mundial da UNESCO e amada pelos moradores de Budapeste.

 

Você pode visitar o assombroso museu Casa do Terror subindo a avenida. Sua exposição permanente "Double Occupation" retrata a experiência da Hungria no século XX sob a ocupação nazista e depois soviética. É angustiante, mas importante para compreender tudo o que a população húngara passou. 

 

Seu passeio ao longo da avenida chegará na  Praça dos Heróis, um monumento dedicado a todos que lutaram pela liberdade da Hungria. Aqui você também encontrará a Kunsthalle e o Museu de Belas Artes.

Termas Széchenyi
Termas Széchenyi
Termas Széchenyi

Depois de passear pelas colinas de Budapeste, junte-se aos moradores locais e tome banho nas águas termais terapêuticas da cidade. O banho mais famoso é no enorme complexo de termas Széchenyi, onde você pode nadar e curtir no terraço de um palácio amarelo. O complexo encontra-se logo depois da Praça dos Heróis e do Parque da Cidade. 

 

Se você gosta de uma experiência mais isolada em banhos termais, aproveite o vapor de outros ótimos banhos de Budapeste. Nade entre as colunas no complexo de art-nouveau das termas Gellért ou volte no tempo para o século XVI, nas termas Rudas, de estilo turco.

Bares em ruínas
Bar em ruínas Szimpla Kert
Bar em ruínas Szimpla Kert

Festejar nos bares em ruínas do Distrito VII é uma experiência noturna essencial para se ter em Budapeste. Criado em 2002, Szimpla Kert foi o primeiro bar a surgir. Desde então, empreendedores transformaram fábricas e cortiços abandonados em casas de show excêntricas, com bares, pistas de dança e restaurantes nas coberturas.

 

Explore os diversos quartos e andares dos bares em ruínas para acrescentar uma dose de aventura na sua noite. Instant/Fogas é uma mansão tipo labirinto, criada ao juntar dois bares em ruínas. Aberto a noite toda e com sua própria lanchonete, você pode ficar lá pra sempre! E sempre surgem outros bares em ruínas pela cidade, então não se preocupe se você acabar conhecendo todos.

budapest-hungary-margaretisland-fountain

Fuja para a Ilha Margarida

 

Depois de ver todas as atrações, fuja para a Ilha Margarida, no rio Danúbio, para descansar como os moradores locais no parque público mais importante de Budapeste. Ele oferece muita área verde e atividades, incluindo pistas de corrida, piscinas externas e jardins bem cuidados e tranquilos. Você pode até se deparar com ruínas de um convento ou uma fonte

 

 

 

budapest-hungary-danube-cruise

Navegue pelo Danúbio azul

 

À noite, as luzes do Parlamento Húngaro e da Ponte das Correntes refletem nas águas do Danúbio, criando um espetáculo realmente mágico. E passear de barco pelo rio Danúbio é a melhor maneira de vivenciar isso. Você também pode fazer do passeio um jantar delicioso. Para algo mais agitado, também é possível festejar no Danúbio no A38, um navio de carga ucraniano transformado em espaço cultural.

 

 

 

budapest-hungary-christmas-tram

Curtir e festejar 

 

As temperaturas no inverno podem chegar a -10 ° C, mas, além dos banhos termais, existem outras maneiras de se esquentar. Você pode patinar no gelo na frente de um castelo no Parque da Cidade, a maior pista da Europa. Depois, fique quentinho com um bolo de chaminé e um copo de forralt bor (vinho quente húngaro). E não deixe de ver os bondes de Budapeste cobertos de luzes de Natal!

 

Como chegar a Budapeste de trem

train

Situada em um país da Europa central, Budapeste está bem posicionada, com vias diretas para muitas outras cidades europeias. Trens internacionais chegam nas estações ferroviárias Keleti (leste), Nyugati (oeste) ou Déli (sul). Os trens domésticos da InterCity também conectam Budapeste às principais cidades da Hungria.

 

Tabela de horários da Eurail mostra todos os trens saindo e chegando de Budapeste.

 

De Viena a Budapeste

De Viena para Budapeste

De Praga a Budapeste

Praga a Budapeste

De Bratislava para Budapeste

De Bratislava para Budapeste

Voos e transportes públicos

plane

Voos para Budapeste chegam no Aeroporto Internacional Ferenc Liszt, no sudeste da cidade. O ônibus de traslado 100E o levará ao centro da cidade em pouco mais de 30 minutos. Ou pegue o metrô da linha M3 durante a semana.

Public transport

O melhor jeito de se locomover em Budapeste é caminhar, já que a maioria das atrações fica a curtas distâncias entre si. No entanto, para viajar para fora do centro, ou para descansar os pés, vá de ônibus, bonde ou metrô.